January 31, 2022
5 maiores erros do dia-a-dia dos gestores e como evitá-los

A atual economia é baseada em dados. Isso significa que os gestores que fazem uso das análises e tecnologias de forma eficiente, adquirem grande vantagem frente a concorrência. Mas o que os maiores erros do dia-a-dia dos gestores tem haver com isso?As organizações têm investido valores brutais no sentido de obter insights para alcançar os melhores resultados. A IDC projeta que as receitas para big data e análise de negócios crescerão de US $ 150,8 bilhões em 2017 para mais de US $ 210 bilhões em 2020.Entretanto se a análise não for bem orientada, o investimento acaba por despender tempo e ainda ser subutilizado. Por isso neste post, separamos os 5 maiores erros do dia-a-dia dos gestores e como evitá-los.

Dados ausentes, imprecisos ou poluídos

A primeira coisa que precisamos salientar, é que os dados com os quais você trabalha, valem ouro. Isso significa que você precisa conhecer a fundo a fonte de suas origens, como são unificados e se estão realmente coerentes.Não é raro encontrarmos empresas funcionando com dados ausentes, imprecisos ou poluídos.Quando são feitas análises, comparativos ou conjuntos de dados é essencial ter um líder dentro da organização, ou parceiros que possam dispor de uma ferramenta ou recursos necessários para que tudo funcione perfeitamente.As várias fontes de dados/tabelas precisam conversar entre si, e a análise e processo de decisão de gestores e/ou executivos precisa ser facilitada por canais fáceis e claros.Nesse sentido a importância de que a empresa tenha um objetivo em foco e que todos estejam alinhados. Assim os gestores constroem seus principais KPIs para acompanhá-los com todo o carinho do mundo. Se quiser aprofundar este assunto, deixo aqui para você o post sobre como bater metas e ter alta performance.

Análises insuficientes e conclusões precipitadas

Para explanar este assunto vamos buscar um exemplo prático.Um gerente comercial pode acompanhar um KPI que julgue importante, considerando o valor médio de pedidos por mês.O que visualmente gera um resultado semelhante a:

Fonte: DataheroEntretanto se seu KPI, ou conjunto de dados não for capaz de observar estas informações a nível mais profundo, as considerações da imagem abaixo podem passar despercebidas:

Fonte: DataheroSendo assim, o gestor pode resolver investir em campanhas de marketing genéricas, ou até mesmo criar ações e gastos que não sejam focados no departamento que realmente apresenta crescimento e resultados.Análises insuficientes e/ou conclusões precipitadas são comuns, e você precisa da estrutura necessárias para que isso não aconteça.

Fazer a análise baseada apenas em 1 único ponto de vista

Muitas vezes sabemos onde queremos chegar. Já participamos das reuniões necessárias, conversamos com os superiores e subordinados, tudo OK.Entretanto esse "sabemos onde queremos chegar" pode te levar a um auto engano.No sentido de que sabendo seu objetivo, você pode buscar apenas as informações e dados que confirmam as hipóteses e fatos que você deseja alcançar. O que de fato, pode menosprezar raciocínios importantes que precisam surgir nesta jornada e que podem acompanhar uma análise mais completa e consciente dos dados.Não raro caímos no autoengano, o que pode ser ocasionado até por uma falsa ideologia do nosso ego. Portanto, mesmo que tenha encontrado o caminho, é conveniente buscar outros pontos de vista e perspectivas para "chegar lá".Quase sempre, o primeiro caminho não é o melhor caminho.

Causalidade X Correlação

Este é um dos mais interessantes! Ao fazermos análises, é muito comum encontrarmos correlações e tirarmos conclusões a partir disso. Afinal é isso aí, coincidências acontecem.Veja o gráfico abaixo e perceba que há uma correlação de 99,26% das pessoas que se divorciam e com o término do relacionamento consomem mais margarina.

Fonte: Tylervigen.comVamos pensar sobre o seguinte:

  • Simples coincidência? Talvez, é possível. A fonte analisou muitos conjuntos de dados e desenvolveu várias correlações interessante.
  • A variável de causa é a mesma? Há uma questão C que pode causar A e B? Isto é determinando para saber se a renda familiar entre os tipos familiares pode envolver o tipo de consumo. Assim o aumento da riqueza remove o stress familiar e poderia promover o maiores consumo de margarina.
  • Causa invertida - a diminuição do consumo de margarina diminui a taxa de divórcio. Há de se considerar que a mudança para o consumo de manteiga, promoveria um sabor mais agradável e a maior unidade familiar.

Para uma análise coerente, a coincidência deve ser sempre descartada. Portanto não pode haver uma variável causal comum e a causa invertida não pode ser verdadeira.

Dispor de meios simples e fáceis para o gerenciamento

Se não bastassem todos os fatos complicadores já citados acima na análise de dados. É comum gestores e executivos viajarem, não estarem na empresa, dentre outros.Nesses momentos a análise de dados pode ficar prejudicada por fatores simples, como não dispor de meios simples e fáceis para a gestão.Esse é o primeiro passo para não ter acesso ao que realmente precisa, e na "pressa" acabar caindo em qualquer uma das armadilhas citadas acima.Nós da Rampfy acreditamos que o canal de comunicação mais viável e que está sempre com você deva ser utilizado. Os smartphones podem receber informações proativas de todas as informações mais relevantes para a sua realidade, use-o a seu favor.Chega de cometer esses e outros dos maiores erros do dia-a-dia dos gestores. Converse com um de nossos especialistas para conhecer os próximos passos para elevar a sua gestão!

Escrito por
Daniel Nones
January 31, 2022
Recomendado

Junte-se a mais de 500 empresas líderes na America Latina. Inicie assistindo uma demonstração do Rampfy.

Assistir demonstração