January 31, 2022
Empresas que não se adaptam e o valor dos dados

Para a época em que vivemos, a quantidade de dados produzidos pela tecnologia superou quaisquer expectativas. A atualização constante das informações obriga as empresas a se adaptarem muito rápido, deixando para trás quem rejeita a mudança.

Além disso, o volume gigantesco de dados traz outro desafio: selecionar o que é relevante e o que não é. Se a informação não for trabalhada para ser útil ao negócio, de nada serve o esforço em acompanhá-la.

Essa mudança brusca, que exige adaptação, já ocorreu em outros momentos históricos, como na própria revolução industrial. Esse cenário, na época, mudou a perspectiva de mercados, empresas e funcionários.

Por meio da tecnologia estamos vivendo algo semelhante, uma revolução na forma de fazer gestão e tomar decisões.

Em 2020, a expectativa era de que a quantidade de conteúdo produzido pela humanidade ultrapassasse a casa de 35 trilhões de gigabytes.

Mas, como já mencionado, fica a pergunta: qual a real utilidade de tudo isso?

Se essas informações não se tornarem verdadeiramente úteis, você pode estar enterrando sua "mina de ouro" que, aliás, está dentro da sua empresa e é conhecida como Banco de Dados.

A essa altura, começa a ficar claro porque as empresas que não se adaptam acabam ficando pelo caminho. Simplesmente porque pararam no tempo.

Atualmente, no mercado, já existem algumas maneiras de você aproveitar melhor os dados que já possui.  Uma delas se chama "data mining", ou simplesmente "mineração de dados".

Ela permite que você faça de forma automatizada a exportação de informações do seu banco de dados.

As implicações deste tipo de tecnologia são diversas. Você abre um leque imenso de possibilidades e análises. É o caminho ideal para quem deseja se tornar data-driven e tomar decisões baseadas em dados.

Assim, você pode (deve!) parar de se basear somente nas palavras dos seus especialistas - alguns viciados em métodos falhos - e nas experiências passadas (feeling-driven).

É importante trazer racionalidade e contestação sobre o que de fato está acontecendo, no contexto atual. E lamento te dizer, mas você só alcançará esse objetivo caso a sua empresa tome decisões baseadas em dados.

Em outras palavras, podemos dizer que as empresas que não se adaptam, morrem. E isso não acontece porque não possuem bons produtos ou serviços, mas porque ignoram especialmente as novidades tecnológicas e suas implicações no negócio.

Neste momento de tantas informações e mudanças rápidas, precisamos saber organizar e priorizar o que é mais importante para nós.

E você, já pensou que pode ter uma "mina de ouro" no seu banco de dados? Bora assistir a uma demo da Rampfy, que é líder no mercado brasileiro de tecnologia para o alto desempenho.

Escrito por
Luiz F. Kuestner
January 31, 2022
Recomendado

Junte-se a mais de 500 empresas líderes na America Latina. Inicie assistindo uma demonstração do Rampfy.

Assistir demonstração