January 31, 2022
Por que usar Data mining e as análises preditivas para alcançar resultados espetaculares?

É unânime que todo executivo/gestor quer levar o time e a empresa a alcançar resultados espetaculares. Para fazer isso com eficiência, uma das questões que podemos citar é:

A necessidade de saber o que acontece em todas as camadas da empresa.

Na grande maioria dos casos estes gestores e executivos já possuem toda uma infraestrutura tecnológica. Mas essa infra não trabalha para avisá-lo proativamente sobre o que seja mais importante para ele.

Por isso na prática, o que observamos é o quanto o data mining e as análises preditivas contribuem para um ambiente empresarial em que se possa "fazer gestão" de forma efetiva.

É aqui que o data mining e as análises alteram este cenário por meio das notificações em seu martphone e dos insights proativos. Com push intelligence e notificações proativas, as metas e KPI's dos gestores são atingidos com maior frequência. Assim, como consequência cria-se um alinhamento que começa na alta gestão. E a partir disso, se subdivide entre todas as camadas da empresa.

Continue conosco neste artigo que vamos falar ainda mais sobre estas questões!

O modelo de 80% das empresas não é realmente, eficiente

O que ouvimos e vemos na prática é que o modelo de gestão atual geralmente dá a sensação de que as coisas ficam soltas. Outra coisa é que é muito difícil acompanhar os resultados e o que o time está fazendo. Principalmente quando se tem a agenda cheia de compromissos, reuniões e/ou viagens, Concorda?

Para contextualizar ainda mais, não estamos nos referindo a empresas "jovens" ou que não usam sistemas de gestão. Estamos justamente nos referindo a clientes que possuem toda uma infra, como CRM, ERP, DMS, Plataforma de marketing, BI entre outros...

A maioria dos sistemas que citamos, são desenvolvidos em plataformas que permite a abertura do banco de dados e acesso a dados e registros. É aqui que entra o data mining e as análises preditivas da Rampfy.

Amplie o leque de produtos da sua sofware house sendo um parceiro da Rampfy!

Consequência: Maior aderência e confiança nos demais sistemas usados pela empresa

O trabalho é conjunto e o uso múltiplo dessas ferramentas viabiliza os melhores resultados. De forma alguma queremos mudar a gestão que existe hoje ou mudar sistemas. O uso mútuo do que cada um possui, permite que o data mining seja efetivo, fazendo o monitoramento, extração e qualificação das informações que são relevantes para o acompanhamento de determinado KPI e/ou meta.

Falamos sobre esta "não competição" com maior profundidade no artigo Push intelligence e Insights vão matar os BI’s?

É fundamental conseguir saber os resultados e acompanhar o desempenho do time, mas além disso, receber proativamente informações sobre suas metas e KPI's que correm o risco de não ser atingidos. Por meio desses insights torna-se possível resolver em tempo hábil questões do dia a dia que afetam os resultados e geralmente o gestor "nem fica sabendo".

Isso tem viabilizado o alcance de resultados espetaculares além de um maior alinhamento por parte de todas as pessoas envolvidas e o maior aproveitamento dos recursos (como os próprio sistema já utilizados pela empresa) alocados em cada atividade e/ou departamento.

Como data mining e as análises preditivas se encaixam nessa nova realidade?

O ser humano nunca produziu tanta informação, o que não deixa de ser positivo pelo avanço tecnológico e atividades construídas em escala. Porém o ponto é, como encontrar informação útil em meio a essa quantidade imensa de dados? É aí que entra o Data Mining.

Data Mining ou  mineração de dados em português, é o processo de extrair de um grande volume de dados padrões consistentes, hábeis para gerar insights valiosos.

Obviamente, com o volume de informações e dados gerados, torna-se inviável que este processo seja realizado manualmente ou por pessoas. Assim, o Data Mining é o conjunto de técnicas que permite filtrar do Big Data as informações consideradas relevantes para o objetivo em mente

Como funciona a inteligência artificial e o modelo de monitoramento dos KPI's?

Passa-se a usar a inteligência artificial para buscar, selecionar e filtrar o que é relevante de acordo com a meta e/ou KPI definido pelo gestor. Assim a inteligência de máquina otimiza processos que na prática precisam ser pesquisados a fundo em um BI. Ou precisa-se de alguém do TI ou técnicos específicos para juntar informações de diferentes partes. O que por si só envolve processos manuais que levam tempo, são suscetíveis a erros e com alto custo envolvido.

Basicamente a relação homem x máquina funciona muito bem junta, principalmente no sentido de que grande filtro e otimização de informações será realizada previamente.

A intervenção humana vem como consequência. Após receber o insight em seu smartphone, podendo usar todo o seu "know how" e/ou pesquisas em um BI ou ERP para orientar o time (ou até mesmo questioná-los sobre o que pensam que pode ser feito, para contornar as situações colocadas).

A inteligência artificial dos robôs da Rampfy efetua um monitoramento contínuo. Desta forma, ao analisar cuidadosamente determinados registros, se utiliza ao máximo o banco de dados já existente para entregar a informação certa na hora certa.

A partir disso, constrói-se as uniões de informações pertinentes a cada meta para que possa-se avaliar se os resultados estão dentro ou acima do esperado. Em caso negativo, estas informações são automaticamente reportadas ao responsável para que saiba do que está ocorrendo.

A partir deste ponto, torna-se possível tomar ações imediatas. Lembrando que estas questões são as que muitas vezes demora-se tempo demais para tomar ações a respeito. Ou em algum casos gestores sequer ficavam sabendo das situações.

Veja uma imagem demonstrando este modelo:

Data mining e análises preditivas da Rampfy

Insights para resultados espetaculares!

As notificações e avisos de push intelligence são enviadas para o smartphone do gestor responsável. Isto visa uma comunicação clara e objetiva. Por isso optamos por usar a ferramenta que mais usamos hoje em dia (nossos smartphones).

Principalmente porque a maiorias das questões são problemáticas e precisa-se fazer algo a respeito o quanto antes. Caso contrário corre-se o risco de não bater a meta, nem alcançar os resultados almejados.

O resultado final disto é maior aderência do ERP, DMS, BI entre outros. Além de maior confiança em todos as informações da empresa. Visto que as notificações e push intelligence vão aumentar a usabilidade e auditoria de dados. O gestor e a empresa como um todo passam a construir metas mais coerentes e a alcançá-las com maior frequência.

O que vemos na prática é que é possível otimizar (e muito) custos e operações de perda que antes nem chegavam ao conhecimento da gestão. A consequência disso unida ao maior engajamento do time e decisões assertivas são resultados espetaculares!

Escrito por
Daniel Nones
January 31, 2022
Recomendado

Junte-se a mais de 500 empresas líderes na America Latina. Inicie assistindo uma demonstração do Rampfy.

Assistir demonstração